PIORRO TINTO GRANDE RESERVA
Tinto Reserva


O diamante foi o símbolo escolhido para representar o que existe neste vinho: o brilho, a persistência, a estrutura, o luxo, a eternidade. Aqui a ideia é a de ter um ícone do Douro, um vinho que nos faça recordar e que seja eterno em nossas mentes. O vinho estagia em barricas de carvalho francês por um período de 12 meses, apresentando cor intensa e carregada, com grande intensidade e complexidade aromática. Na boca tem grande amplitude e precisão, com nal longo e persistente. Um vinho eterno em sua mente. O seu objetivo comercial é a de estar disponível a quem procura algo exclusivo, único, de grande qualidade.

INFORMAÇÕES

Produtor

1912 WINEMAKERS Douro.

Castas

Seleção criteriosa das castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz das vinhas velhas com melhor exposição das nossas quintas.

Notas de Prova

Carregado de cor, apresenta uma cor rubi intensa. No nariz de grande complexidade, elegância e intensidade aromática. Sobressaem as notas de frutos silvestres pretos e as especiarias, envolvidas pelas boas notas de madeira onde estagiou. Na boca é um vinho quente, volumoso e complexo. Com uma acidez equilibrada que é suportada por taninos firmes e maduros que lhe conferem um nal muito intenso e persistente. Um vinho com um bom potencial de guarda, mas que pode ser bebido de imediato.

Teor Alcoólico

14,5%

Quintas

Quinta d’Água e Quinta S. Bernardo.

Enologia

Após colheita manual dos cachos em caixas individuais de 25 Kg, as uvas foram suavemente desengaçadas e esmagadas, seguindo o mosto para cubas de inox onde fermentou a temperatura controlada. Seguiu-se um estágio de 12 meses em barricas de Carvalho Francês.

Sugestão de Consumo

Deve ser servido entre 16ºC e 18ºC, acompanhando carnes variadas, defumados, queijos e pratos da gastronomia mediterrânea.